VISITAS

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

MEDITAÇÃO COMO LIBERTAÇÃO

Quando iniciamos um trabalho de meditação, deixamos o mundo, os assuntos cotidianos e  nos direcionamos a nós mesmos, entrando  em dimensão  nova e diferente que poucos conhecem.
Algumas pessoas chegam a ter medo, pois é algo muito novo.
A meditação é maravilhosa, útil, trazendo a todos a paz, compreensão que tanto necessitamos!
Quando meditamos,  paramos de pensar, sossegamos o corpo físico e acessamos uma oitava que não vivemos em nosso cotidiano.
Ela traz as férias que precisamos!  Sem  problemas, stress ou inquietudes.
A verdadeira paz está na alegria de um momento onde a mente não perturba e nada quer.
É necessário  disciplina porque não estamos acostumados a manter o corpo físico sem  movimentos, ele quer se mexer, se coçar,  andar, quer ....sempre quer alguma coisa.  A mente atua da mesma maneira, quer pensar, pensar, pensar. Fazer parar todo este turbilhão exige disciplina.
Onde está o benefício de não mexer o corpo físico, de não pensar? 
Se em uma vida inteira fizemos da mesma maneira e não conseguimos um estado adequado de equilíbrio é porque existe outro caminho. Se olhamos para nós e procuramos os instrumentos que temos, descobrimos que tirando  a matéria, onde nos apoiamos sempre, isto é, imóveis, carros, dinheiro, nos deparamos com nosso corpo nú  e nos transportamos para um deserto, experimentamos ali um novo estado.
Estamos sem carro, sem dinheiro...O que podemos fazer? Quais são nossos poderes?
Em nosso corpo físico encontram-se latentes condições que não foram ativadas para nossa progresso!
A meditação abre portas para condições inimagináveis!

Maria Martins



segunda-feira, 16 de outubro de 2017

O PRESENTE







Está correto desprezar um presente dado com tanto amor?
Não!
Então, como posso menosprezar-me, diminuir-me, inferiorizar-me?
Seria como desprezar o maior presente de Deus!
A parte não amada começa a sabotar e coisas muito desagradáveis podem acontecer. Amar-me 100% é  o ideal!
É necessário, quando algum erro é cometido, aceitar-se primeiramente e depois, com muito amor,  corrigir-se!
Perdoar-se pelos erros cometidos no passado e recomeçar com outro enfoque. Compreender o conteúdo das experiências vividas agradáveis ou não. Todas fizeram  parte de um grande aprendizado.
Quando perdôo a mim mesmo desbloqueio meu caminho e abro espaço para prosseguir com mais leveza rumo aos meus objetivos. Isto é amor!
Cada um caminha conforme a porcentagem de consciência que tem liberada no momento. Conforme vamos aprendendo,  a consciência vai se abrindo e crescendo em  beleza e amor, pois antes passou pelo descobrimento, compreensão, aceitação e correção!
Cresça consciência amada, consciência divina e poderosa e envolva meu mundo com seu típico aroma que jamais adormece! 
Amo-me e expando este amor a todos os seres que vibram nesta frequência!


Maria Martins


segunda-feira, 2 de outubro de 2017

COMANDO CONSCIENTE





À  disposição do homem está a energia  omnisciente e omnipresente que lhe obedece. Tanto que quando mal utilizada traz de volta ao mesmo,  as consequências de seu comando.
Esta energia poderosa, com o poder de construir ou plasmar o que quer que seja, tem em seu interior luz criadora e humildemente se oferece para servir seu amo e senhor.
O homem experimenta em sua carne a dor de seus próprios comandos.
Na criação humana original não houve diferenças. Todos receberam sua parte, esta mesma energia.
Alguns a reverenciaram, a amaram, a reconheceram e souberam comandar e consequentemente receberam a recompensa.
Outros ordenaram, se utilizaram da energia vergonhosamente, sem remorso e sem piedade para satisfazer seus desejos egoístas e consequentemente receberam infortúnios.
Dentro dele mesmo está a energia que tudo vê, que grava em seu interior as impressões de suas ações. Para onde correr ou se esconder?
Ela  foi deixada para ser moldada pelo homem.
Se o indivíduo comandou contra os demais ele comandou contra si mesmo.  Ela é obediente!

Maria Martins









quarta-feira, 6 de setembro de 2017

MEMÓRIAS DO PASSADO?



E daí?
_Eu não estou gostando nada disso! Quando poderei bater em alguém? Nunca?
Quando poderei xingar? Nunca?
-Mas como vou lidar com pessoas briguentas, ofensivas, que encontro por aí?
Com amor e sabedoria, com a força da consciência, falando  o que precisa ser falado. Uma situação pode muito bem ser resolvida com diálogo, sem alterações iradas.
Alguém nos disse um dia que a única maneira de resolver determinadas situações é na violência.
Essas informações   ficam armazenadas em nosso subconsciente e saem em todos os momentos que pensamos ser necessária, porque há uma programação.
Como não paramos para analisar se realmente estamos indo bem ou não, continuamos acreditando que é assim.
_Essa terapia está meio trabalhosa!! É muito mais fácil soltar!Soltar o braço, soltar a língua, os pensamentos, etc...
Mas quando nos soltamos demais, sem limites, sem rédeas e falamos as ditas verdades que muitos dizem que não se deve calar e que as pessoas precisam ouvir, descobrimos que algumas ações fazem parte de uma memória. Memória do passado, não transformada, não compreendida e não limpa.
É como um holograma, em algum momento ele foi criado e em algum momento aperta-se um botão e ele aparece, só que  com vontade própria, a vontade que foi dada a ele no passado. Neste caso ele está dentro e tem voz ativa!



CIC FUTURE: Holografia


Quando estudamos este comportamento e observamos o que o personagem quer, compreendemos que podemos estar no controle! Então passamos a ficar atentos ao momento de sua entrada! Daí podemos controlá-lo e contê-lo, fazendo a nossa vontade e não a dele!

Maria Martins





sábado, 12 de agosto de 2017

ASSUMINDO O MEU UNIVERSO




Quando eu entendo que sou responsável por minha vida e por tudo que acontece nela começo a tomar um rumo diferente.
Enquanto isto não acontece,  coloco a culpa em todos, parentes, vizinhos, amigos, inimigos...
Não devo esquecer que atraio o que sou, o que penso,  o que sinto.
Quanto mais disso eu faço, mais daquilo eu terei.
O sistema planetário existe e não temos muito o que fazer, a não ser entendê-lo e procurar viver da melhor maneira possível.
Ninguém disse que é fácil, que nunca errou, que sabe tudo, mas tudo é possível. Se tudo é possível, posso mudar e atuar sobre meu universo.
E por que não atuar sobre o universo do outro? Porque é o mundo do outro e só ele tem que dar conta, além do mais perderei meu tempo lastimavelmente.
Quando eu for embora terei que dar conta da minha vida, atitudes, ações, etc.
Ah! A culpa é do fulano! Mas o que o fulano fez? Ele me maltratou, me xingou, me ofendeu, me bateu...
Mas com tanta gente boa no mundo como você foi se encontrar com essa pessoa?
R: Provavelmente   você   têm algo em comum com ela.Se assim não fosse  jamais se encontrariam.
Já parou para pensar sobre isso?
O planeta é imenso são bilhões de pessoas, mas nos encontramos com algumas durante nossa vida inteira. Por quê? E assim mesmo nos damos ao luxo de falar mal delas. É que não percebemos que se tais pessoas estão por perto, ou estamos sempre nos esbarrando,  por algo é. Sendo assim, que tal se ver através dela e estudar? Ela pode estar mostrando muito de você.
A culpa não é dela por estar  sempre perto de você. É sua,  por estar sempre atraindo-a. Mude algo em você e atrairá outra pessoa!



quarta-feira, 19 de julho de 2017

ESCOLHAS




Quando falamos em escolhas geralmente pensamos em tudo que é fora, externo, situações, acontecimentos, etc.
Estou triste. Estou alegre. Posso  decidir?
O que de verdade eu quero? Como quero ser? E as circunstâncias? O que eu faço?
O  outro decidirá por mim? O outro tem seus próprios objetivos,  e o que vai trazer alegria a ele pode não trazer alegria a mim.
Quando decidimos por controlar a nós mesmos e estabelecer critérios,  passamos a ser os verdadeiros criadores de nosso universo,  de nossa existência.
Se a energia pode trazer isso,  também pode  trazer aquilo.
Alguns ingredientes transformam-se em um lindo bolo.
Outros ingredientes são desperdiçados ...

quarta-feira, 28 de junho de 2017

DEUS NÃO COBRA, E VOCÊ?

Tentar resolver problemas criados em nossa existência, ficar voltando e insistindo o tempo todo, quando percebemos que não chegamos a canto algum,  é desnecessário.
Se há escuridão em um ambiente  não vamos buscar a razão dela, nós procuramos o interruptor, acendemos a luz e iluminamos tudo, imediatamente ela desaparece.
Quanto mais luz colocamos em nossa vida mais a escuridão desaparece.
Escolhas! Decisões!
Teremos sempre mais daquilo que olhamos e queremos.

Em todos os momentos podemos escolher em:

  • falar mal de alguém ou enviar a esta pessoa uma luz de amor e perdão.
  • reclamar, lastimar    ou  agradecer pelo que temos, aceitar e sorrir.
  • gritar, xingar, falar palavrões    ou    interiorizar-nos e trazer a luz de Deus.
  • colocar a culpa em alguém ou reconhecer que precisamos mudar alguns aspectos.
Às vezes passamos anos e anos remoendo condições que já se foram há muito tempo. Pelo menos em fatos. Mas não foram, em nossa mente. Giramos em volta daquela circunstância, ela está tirando uma porcentagem da nossa vida e alegria,  se intromete em nossos pensamentos trazendo sempre lembranças que nos fazem mal.
Nossa mente cria o que quer,   e  é programada! Coisas que nos foram ditas ficam martelando em nossa psique. 
Quando somos elogiados não esquecemos mais, aquilo fica repetindo, da mesma maneira quando somos ofendidos., sõ anos e anos de repetições.
Devemos consultar nosso coração!
Podemos trilhar o caminho de ressentimentos  ou traçar um novo caminho de amor para   sermos totalmente autênticos.
Combinar fala com atitude é a melhor fórmula. Buscar sempre agir com integridade.  Ser o  mais sincero possível. 
Cobrar atitudes passadas ou presentes nos faz focar em um universo  que não é nosso e viver em função do que não nos pertence. 
Deus não cobra e não exige nada de ninguém. Quem ama simplesmente ama!


Maria Martins