VISITAS

sábado, 12 de agosto de 2017

ASSUMINDO O MEU UNIVERSO




Quando eu entendo que sou responsável por minha vida e por tudo que acontece nela começo a tomar um rumo diferente.
Enquanto isto não acontece,  coloco a culpa em todos, parentes, vizinhos, amigos, inimigos...
Não devo esquecer que atraio o que sou, o que penso,  o que sinto,
Quanto mais disso eu faço, mais daquilo eu terei.
O sistema planetário existe e não temos muito o que fazer, a não ser entendê-lo e procurar viver da melhor maneira possível.
Ninguém disse que é fácil, que nunca errou, que sabe tudo, mas tudo é possível. Se tudo é possível, posso mudar e atuar sobre meu universo.
E por que não atuar sobre o universo do outro? Porque é o mundo do outro e só ele tem que dar conta, além do mais perderei meu tempo lastimavelmente.
Quando eu for embora terei que dar conta da minha vida, atitudes, ações, etc.
Ah! A culpa é do fulano! Mas o que o fulano fez? Ele me maltratou, me xingou, me ofendeu, me bateu...
Mas com tanta gente boa no mundo como você foi se encontrar com essa pessoa?
R: Provavelmente   você   têm algo em comum com ela.Se assim não fosse  jamais se encontrariam.
Já parou para pensar sobre isso?
O planeta é imenso são bilhões de pessoas, mas nos encontramos com algumas durante nossa vida inteira. Por quê? E assim mesmo nos damos ao luxo de falar mal delas. É que não percebemos que se tais pessoas estão por perto, ou estamos sempre nos esbarrando,  por algo é. Sendo assim, que tal se ver através dela e estudar? Ela pode estar mostrando muito de você.
A culpa não é dela por estar  sempre perto de você. É sua,  por estar sempre atraindo-a. Mude algo em você e atrairá outra pessoa!



Nenhum comentário:

Postar um comentário